Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

RS e Israel: Representantes do Estado discutem pesquisa agropecuária, irrigação e inovação

Publicação:

Representantes do Estado em agendas com foco em pesquisa agropecuária, irrigação e inovação.
Representantes do Estado em agendas com foco em pesquisa agropecuária, irrigação e inovação. - Foto: Foto: Vanessa Trindade / Ascom Sema-Fepam

Em missão à Israel, comitiva gaúcha debate temas relacionados a pesquisa agropecuária, irrigação e inovação. A comitiva, integrada por representantes das Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Agricultura Pecuária e Desenvolvimento Rural, aconteceu entre os dias 06 e 09 de novembro. O grupo realizou visitas técnicas com o objetivo de conhecer novas tecnologias que buscam a sustentabilidade ambiental produtiva, pesquisas em culturas agrícolas e irrigação.

Na Volcani Center, empresa pública de pesquisa agropecuária com sede em Rishon Le Tzion, a cerca de 15 km de Tel Aviv, a comitiva conheceu pesquisas que procuram soluções sustentáveis para o setor, como uso consciente e aproveitamento da água - dessalinização, aperfeiçoamento genético e alternativas para a irrigação. Segundo a pesquisadora Olga Tarnopolsky, atualmente 80% do método de irrigação utilizado no país é através de gotejamento e 85% da água utilizada é de reuso. Os pesquisadores também reforçaram a importância da conexão entre a pesquisa e a extensão rural. O tema da irrigação também pautou reunião com a Naan, empresa global criada em 1937 que vende soluções em irrigação. 

Em Israel, 63% do consumo de água da indústria, agricultura e doméstico são fruto de reaproveitamento, de acordo com Guy Reshef, diretor geral do serviço hidrológico de Israel. Aproximadamente 70% da água consumida no país é dessalinizada e a intenção é chegar a 100% até 2025. A água purificada é distribuída de norte a sul do país e Israel está, inclusive, fornecendo água para a Jordânia. A comitiva gaúcha visitou empresa próxima de Tel Aviv , que atua com dessalinização de água do Mediterrâneo. A tecnologia desenvolvida pela empresa é utilizada por países como China, Chile, Austrália e Estados Unidos. O processo de separação do sal da água leva 90 minutos .

Na área agrícola, os representantes do governo gaúcho conferiram novidades tecnológicas em exposição na Agrivest, feira realizada no porto de Tel Aviv que reúne startups e investidores em busca de soluções na área da agricultura. A comitiva também promoveu encontros com o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural do país, debatendo temas relacionados ao incentivo aos protocolos de colaboração e parceria com o objetivo de superar os desafios relacionados à produção de alimentos, redução do uso de água e de inovação nas práticas agronômicas.  

Na avaliação do Secretário de Desenvolvimento Econômico Adjunto do Rio Grande do Sul, Roger Pozzi, a missão foi uma oportunidade de absorver informações para aplicar, adaptar e promover inovação no Rio Grande do Sul, aproveitando experiências em que Israel é exemplo. "Vamos entregar uma boa resposta sobre a missão em busca de desenvolvimento econômico com as propostas práticas como energia limpa, educação qualificada, transição energética, empreendedorismo sustentável, que resultarão em desenvolvimento para o estado" destacou Pozzi.

Conteúdos relacionados

Comentários

Secretaria de Desenvolvimento Econômico